VOCÊ ESTÁ AQUI: INÍCIO / Viver / Desporto / Programas e Atividades / Pedestrianismo

Pedestrianismo

A Rota da Tapada é o primeiro percurso pedestre homologado do concelho do Cartaxo, que permite desfrutar da beleza natural e paisagística da zona ribeirinha do Tejo.
 
Entre Porto de Muge e Palhota, com passagem por Valada e Reguengo, muitos são os elementos naturais e patrimoniais que este trajeto oferece – a fauna, a flora, a paisagem, a arquitectura, as gentes locais, o artesanato e a gastronomia convivem à beira-rio -, permitindo a quem passa um contacto direto com a realidade local.
 
O percurso é realizado, na sua maior extensão, sobre a tapada que protege a lezíria das águas do rio Tejo.
 
Com 7,5 km, uma duração prevista de duas horas e um grau de dificuldade baixo, o percurso está devidamente sinalizado e pode ser efetuado livremente, sem a necessidade de guia ou outros recursos de apoio.
 
Descrição do percurso
 
Com início junto à Ponte Rainha D. Amélia, em Porto de Muge, a sinalética amarela e vermelha conduz a caminhada até Valada – localidade situada em plena planície ribeirinha e ponto de partida e de chegada de “viajantes do rio”.
 
Depois do pequeno aglomerado de casas brancas, alinhadas junto à tapada, que constitui a localidade do Reguengo, o encontro com o rio volta-se a fazer na aldeia avieira da Palhota – uma aldeia típica de pescadores, com casas construídas de madeira, tipo palafitas.
 
Agradável, relaxante e aprazível, o percurso da Rota da Tapada está ao alcance de todos, podendo ser feito por mais e menos jovens, em família ou entre amigos, em qualquer dia da semana.
 
O simples prazer de andar é o que guia os passos de quem gosta de um contacto próximo com a natureza, na sua plenitude – e a zona ribeirinha da freguesia de Valada tem uma riqueza natural e pitoresca muito particular para oferecer.
 
Mais do que fazer desporto, o pedestrianismo tem a particularidade de ser uma atividade multifacetada, que associa o exercício físico aos aspetos turísticos, culturais e ambientais. É, portanto, uma atividade que convida ao usufruto dos espaços naturais, do património construído e dos usos e costumes das gentes locais.
 
E porque, muitas vezes, os locais mais bonitos de uma região só são acessíveis a pé, o pedestrianismo é uma ótima opção para quem gosta de partir à descoberta, sem pressas, da autenticidade de recantos naturais, históricos e pitorescos.
 
Pelo facto do concelho do Cartaxo apresentar excelentes condições para a prática do pedestrianismo, e considerando o aumento dos praticantes e interessados por esta atividade, a Câmara Municipal está a preparar um conjunto de outras rotas, que permitirão efetuar percursos sinalizados por outras zonas do concelho.
 
Com a criação destes trilhos, pretende-se valorizar o potencial natural, paisagístico e patrimonial existente, assim como promover a atividade física ao ar livre.​​​