VOCÊ ESTÁ AQUI: INÍCIO / informação / Notícias / Projeto Educativo do Centro Cultural

Projeto Educativo do Centro Cultural


A tristeza subiu ao palco do Centro Cultural do Cartaxo, mas veio de mão dada com a alegria, o amor e a amizade, numa peça que integra o Projeto Educativo do Centro Cultural do Cartaxo.
No mês em que se assinala o Dia Mundial do Teatro, o projeto Educativo do Centro Cultural do Cartaxo propõe três peças de teatro para crianças e jovens. Peça Feliz e Direta sobre a Tristeza, foi a primeira a subir ao palco e encerrou com uma conversa dos jovens com os atores, encenadoras e produção.
 


A primeira peça de teatro – de uma série de três que este mês subirão ao palco do Centro Cultural do Cartaxo, no âmbito do projeto educativo deste espaço cultural –, levou hoje, dia 11 de março, algumas dezenas de jovens a pensar sobre temas que, muitas vezes, lhe são próximos, como a depressão, a tristeza ou o isolamento.

A Peça Feliz e Direta sobre a Tristeza, é resultado, entre outros elementos de pesquisa, de uma residência artística e de uma oficina com jovens que decorreram no Cartaxo em 2020.

A partir do livro A Rainha do Norte, de Joana Estrela, inspirado na Lenda das Amendoeiras, lenda algarvia que fala sobre o amor de uma rainha vinda do norte da europa por um rei árabe e da sua tristeza crescente por não ter no algarve a neve do seu país natal, a peça reflete sobre como a tristeza pode invadir até a pessoa mais alegre e enamorada.

Os dois atores em palco, - Jaime Mears e Pacas, levam os jovens da alegria e felicidade, da exaltação do amor e da paixão, ao desânimo crescente, à tristeza e isolamento de uma das personagens, não sem deixarem uma mensagem de esperança e apontarem um caminho de saída. Ser feliz a todo o momento e para sempre, é quase impossível, a tristeza faz parte da vida e é normal. Deixar que os outros nos ajudem ultrapassar as dificuldades em que todos, a determinado momento, nos enredamos, pode ser a solução para os dias mais escuros e difíceis.

A Peça Feliz e Direta sobre a Tristeza, esteve no Cartaxo no âmbito da parceria da Câmara Municipal do Cartaxo com a Associação Materiais Diversos. 

No dia 15 de março, Camões é um Poeta Rap, Sonetos de Luís de Camões chegará em forma de performance musical e no dia 31 de março, o extraordinário texto de José Saramago, Ano da Morte de Ricardo Reis, será apresentado na adaptação de Filomena Oliveira e Miguel Real, a partir do texto original do escritor – que dá nome ao auditório do Centro Cultural do Cartaxo.

A programação que integra o Projeto Educativo é, sempre que possível, decidida em parceria com os agrupamentos de escolas do concelho, de modo a que a oferta seja também uma resposta aos conteúdos pedagógicos. Os custos são assumidos na íntegra ou em parte pela Câmara Municipal para que os alunos possam estar presentes de modo gratuito, ou a um valor muito reduzido.

 
Imagem
 ©​Arquivo Município do Cartaxo​

Ficha técnica da peça
Ideia e proposta - Jaime Mears e Joana Pupo
(Inspirada no Livro A Rainha do Norte de Joana Estrela, ed. Planeta Tangerina.)

Encenação e dramaturgia - Joana Pupo
Co-criação e interpretação - Jaime Mears e Pacas
Espaço sonoro - António-Pedro
Espaço cénico e figurinos -  Caroline Bergeron
Preparação física e movimento - Pepa Espiral Macua
Consultor Artístico - Pedro Fabião
Consultora Artística para a infância - Caroline Bergeron
Produção - Companhia Caótica
Produção Executiva - Patrícia Almeida e Catarina Carvalho
Pré-produção - Rei Sem Roupa e Joana Pupo

Apoios
República Portuguesa – Cultura / Direção-Geral das Artes, Polo Cultural das Gaivotas C.M.L., Biblioteca de Marvila e Câmara Municipal de Lisboa.​