VOCÊ ESTÁ AQUI: INÍCIO / informação / Notícias / Formação em saúde

Formação em saúde

Termina esta tarde, na Escola Secundária do Cartaxo, a formação que preparou oitenta pessoas para que possam, em caso de necessidade, dar apoio a Zonas de Concentração e Apoio à População (ZCAP).


A Formação Básica Intensiva de Assistentes Operacionais na Saúde, preparou oitenta pessoas para que possam, em caso de necessidade, dar apoio a Zonas de Concentração e Apoio à População (ZCAP), ou hospitais de retaguarda, teve início no dia 27 de abril e termina esta tarde na Escola Secundária do Cartaxo.
Com foco no apoio em saúde a idosos, a formação integrou as medidas preventivas assumidas pelos onze municípios da CIMLT e pretendeu dotar os municípios de assistentes operacionais prontos para intervir, em caso de necessidade de evacuação de uma Estrutura Residencial de Apoio a Idosos (ERPI).

 
Oitenta pessoas, terminam hoje, dia 5 de maio, a Formação Básica Intensiva de Assistentes Operacionais na Saúde. Os formandos são, na sua maioria, assistentes operacionais de municípios do Cartaxo, Azambuja e Almeirim, mas também voluntários que já estão integrados na Bolsa de Voluntariado da Câmara Municipal do Cartaxo

Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal, lembrou que das seis ZCAP criadas no concelho “duas que foram pensadas expressamente para acolher idosos, uma na escola básica que temos desativada em Pontével, e a segunda na Associação Comunitária de Assistência Social, em Vila Chã de Ourique”, explicou o autarca.

Como resposta a esta preocupação, a Câmara Municipal, através do Serviço Municipal de Proteção Civil iniciou contactos com o Hospital Distrital de Santarém e com a Cruz Vermelha Portuguesa para que esta formação pudesse ser feita no Cartaxo. Por outro lado, também a área de Ação Social e Saúde, que desde o início da pandemia tem acompanhado de perto as ERPI, promoveu uma reunião na qual participaram todas as instituições com esta valência social no concelho, para criação de resposta integrada, em caso de eventual necessidade de evacuação, no âmbito da pandemia de COVID19.​

A ação integrou formação teórica e prática, lecionada por oito formadores do Hospital Distrital de Santarém, da Cruz Vermelha Portuguesa e dos Bombeiros Municipais do Cartaxo. Atividades de vida e graus de dependência, ambiente seguro, cuidados de higiene e conforto, alimentação, mobilizações, transferências e posicionamentos, prevenção e controlo de infeção ou cuidados de saúde do idoso e suporte básico de vida, foram alguns dos temas abordados ao longo dos cinco dias de formação.​