VOCÊ ESTÁ AQUI: INÍCIO / informação / Notícias / Reivindicação confirmada pela administração central

Reivindicação confirmada pela administração central

Reivindicação confirmada pela administração central.
Assistentes operacionais vão poder integrar a carreira de Bombeiro Municipal.

 
Alteração legislativa vai permitir que assistentes operacionais “a exercer funções de bombeiros há largos anos, possam finalmente integrar a carreira de Bombeiro Municipal, vendo reconhecido o trabalho, sacrifício e risco que correm, em prol da comunidade”, afirmou Pedro Magalhães Ribeiro, no final da reunião de trabalho que promoveu com dois secretários de estado.

 
No final de reunião de trabalho com o Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, e com o Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, que decorreu a pedido do Município no dia 8 de novembro, Pedro Magalhães Ribeiro, presidente da Câmara Municipal do Cartaxo congratulou-se com a resposta que recebeu dos dois secretários de estado a uma reivindicação da autarquia  – “a de ver alterada a legislação para que os nossos homens e mulheres, que diariamente apoiam a comunidade, que defendem as nossas vidas e os nossos bens, possam ser reconhecidos pela funções que de facto exercem, passando a estar integrados na carreira de Bombeiro Municipal”. 

Para o autarca, “foi reposta justiça”, para os “nossos assistentes operacionais que há muito, muito tempo, prestam serviço como Bombeiros mas estavam impedidos de integrar a carreira”. “Esta é uma luta que os corpos de bombeiros municipais travam há muito tempo junto da administração central e das instituições que podem intervir”, para o presidente da Câmara Municipal, é “uma alegria enorme poder dar aos nossos bombeiros esta excelente notícia. Este não é o fim do caminho, mas é o princípio de um novo caminho, em que os bombeiros municipais de todo o país são reconhecidos como fundamentais para a nossa segurança”. 

David Lobato, Comandante dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, congratulou-se com “esta notícia, que traz justiça ao percurso profissional de bombeiro municipal”. Para o comandante “o acompanhamento constante e incansável do executivo municipal, numa luta que foi muito intensa nos últimos dois anos, merece”, do corpo de Bombeiros Municipais, “um agradecimento especial”.

O Decreto-Lei que permitirá aos assistentes operacionais e assistentes técnicos que exerçam funções correspondentes ao conteúdo funcional da carreira de bombeiro municipal, vir a integrar a carreira, deverá entrar em vigor até ao final deste ano.