VOCÊ ESTÁ AQUI: INÍCIO / informação / Notícias / Concursos de Vinho na Produção

Concursos de Vinho na Produção

• ​ No Concurso do Concelho do Cartaxo o primeiro lugar na categoria tinto foi atribuído à casa Agrícola Quinta do Falcão, o primeiro lugar na categoria Branco foi entregue à Adega Cooperativa do Cartaxo que também venceu na categoria Rosé. ​

• A seguir à entrega de Prémios, decorreu uma prova para que o público pudesse desde já conhecer os vinhos premiados.

• Os dois concursos reuniram 54 vinhos tintos, 42 vinhos brancos e 17 vinhos rosé, e decorreram no Centro de Promoção Vitivinícola do Museu Rural e do Vinho no início de abril.

• A Festa do Vinho & Chocolate decorre no Pavilhão Municipal de Exposições até ao próximo dia 1 de maio, com inúmeras provas comentadas por enólogos.

​​

Os premiados nos concursos de Vinhos na Produção do Concelho do Cartaxo e do Tejo, que tiveram este ano a sua 34ª e 19.ª edição, respetivamente, foram conhecidos no primeiro dia da Festa do Vinho & Chocolate, no encerramento do seminário As Adegas Cooperativas e Novos Mercados, que decorreu no dia 27 de abril, no Pavilhão Municipal de Exposições.

No Concurso do Concelho do Cartaxo, o primeiro prémio Tinto foi atribuído à casa Agrícola Quinta do Falcão, o segundo a Abílio de Oliveira Rodrigues e o terceiro à Adega Cooperativa do Cartaxo. Nos brancos, foi a Adega Cooperativa do Cartaxo a ver o seu vinho ser reconhecido pelo júri com o primeiro lugar, a Encostas do Avô classificou o seu vinho branco em segundo e a terceira posição foi atribuída à Casa Agrícola Quinta do Falcão. Na categoria Rosé, a Adega Cooperativa do Cartaxo voltou a arrecadar um primeiro lugar, a Pitada Verde classificou-se em segundo e a Sociedade Agrícola Casal do Conde, em terceiro.


No Concurso de Vinhos Tejo, a Companhia das Lezírias venceu na categoria Tinto, a Casa Agrícola Quinta do Falcão recebeu o segundo lugar e a Quinta do Cavalinho, o terceiro lugar. Na categoria Branco, venceu a Quinta de Vale de Fornos – Encostas de Alqueva, o Estabelecimento Prisional de Alcoentre recebeu o segundo prémio e a Sociedade Agrícola Encostas do Sobral, o terceiro. Nos rosés, a Adega Cooperativa do Cartaxo voltou a vencer, a casa agrícola Pitada Verde ficou em segundo e José António Neves Capão arrecadou o terceiro lugar da classificação. Foram ainda entregues menções honrosas em todas as categorias a concurso. 

As provas dos dois concursos tiveram José Rodrigues como presidente do júri e este contou com mais onze provadores – Carlos Sardinha, Pedro Gil, Helena Mira, Verónica Pereira, Francisco Cruz Ferreira, Alice Simões, Rita Conim, Gisela Machado, Carmen Santos, Maria Vicente e Maria Lucinda Abrantes.
​​