VOCÊ ESTÁ AQUI: INÍCIO / informação / Notícias / Dia Mundial da Criança

Dia Mundial da Criança

A Câmara Municipal em parceria com empresas, associações, comerciantes e coletividades, fez nascer uma cidade no centro do Cartaxo.

Dar largas à imaginação, rir e dançar, correr atrás de bolas, desenhar sonhos, fazer cara de herói ou de leãozinho feroz, andar no ar em cordas fininhas, acertar em alvos difíceis ou falar com gigantes de pernas de pau, foram apenas algumas das muitas obrigações que os pequenos e jovens habitantes cumpriram com o máximo rigor.
 
 
 
Este ano, foi a banda da Sociedade Filarmónica Cartaxense a dar início às Comemorações do Dia Mundial da Criança
 
 Banda da Sociedade Filarmónica Cartaxense
​​
  
No Cartaxo, o Dia Mundial da Criança foi celebrado com uma cidade feita para gente pequenina, mas que acabou por receber largas e largas centenas de visitantes de todas as idades. 
 
Como é normal em qualquer cidade, a agitação começou bem cedo e, apesar de ser sábado, não houve descanso para ninguém, nem para os pequenos habitantes que trouxeram pais, tios, avós e amigos pela mão, nem para os construtores da cidade – músicos de todos os géneros, agentes de segurança, chefs de cozinha, professores de equitação, profissionais de saúde, locutores de rádio, artistas, jornalistas, arquitetos, ourives fazedoras de joias, farmacêuticas, cientistas, educadores de infância, criadores de cavalos ou professores de equitação, associações de defesa dos animais e do ambiente.
  
Assim foi o dia 2 de junho no Cartaxo – mais de quatro centenas de voluntários de empresas, associações e coletividades, todos ao serviço de uma cidade para a infância e mais de duas mil crianças e jovens a celebrar a alegria de poderem ser tudo o que quisessem. 
 
 Alguns elementos da equipa da CMC que organizou o evento
​​
 
Nada faltou no dia agitado da cidade – o trânsito estava caótico na pista de bicicletas e os patinadores andavam muitos velozes, a fila na “repartição” de passaportes era muito pequena e todos eram muito simpáticos, mas uma criança nunca gosta de esperar. Por isso, havia muito por onde libertar o stress – uma grande torre de onde saltar, fogos para apagar, bombeiros preparados para lançar meninos (em segurança!) ao ar, livros para descontrair, para ler e para levar para casa, milhares e milhares de peças Lego para construir devagarinho e abraços para ganhar da Minnie, do Pato Donald, do Coelhinho Mágico e do Pafi.
  
O espaço central da cidade, a zona do coreto, recebeu quase duas dezenas de pequenos e fantásticos espetáculos. Desde a abertura da cidade, que este ano foi protagonizada pela Banda da Sociedade Filarmónica Cartaxense, a animação nunca mais parou. Na verdade, já o sol começava a dar sinais de querer encerrar o dia e ainda o público aplaudia as últimas apresentações – houve bandas filarmónicas, karatecas, folclore, acordeões, cantores, dançarinas e dançarinos de muitos estilos, houve zumba e até houve uma tuna universitária. Foi um não parar de eventos culturais e desportivos, sempre com casa cheia pronta para apreciar e aplaudir.
 
Entre um e outro espetáculo, muitos saltos no castelo, no caracol ou no dálmata (três insufláveis sempre a abarrotar de risotas e alegria!), alguém tinha de ir trabalhar, mais que não fosse para mostrar aos pais que todas as crianças são merecedoras de um baldinho de pipocas, ou de uma nuvem de algodão doce.
  
E para dar trabalho aos mais pequenos, lá estavam muitos profissionais credenciados e preparados para criar postos de trabalho – era só escolher se se queria tomar conta de bebés, arrancar dentes, fazer remédios ou cremes de beleza, entrevistar gente famosa na rádio, ser cantor de sucesso, cientista, modelo de passerelle, costureira, polícia, guarda ou bombeira, artista plástico, atleta, ciclista, cavaleiro ou futebolista… Uau, que trabalhar tanto cansa.
 
Cansa e dá fome, por isso na cidade havia muita gente a cozinhar bolachinhas deliciosas, sumos e panquecas saudáveis e muitos lanches em saquinhos especiais foram oferecidos ao longo de todo o dia – mais de mil pãezinhos com fiambre ou queijo, mais de mil peras ou maçãs, muita água, com e sem sabores, para matar a sede e dar energia para um dia que acabou com uma divertida passagem de modelos. 
 
 
Um tapete vermelho foi estendido para dar passagem a tecidos de todas as cores e a crianças muito profissionais – foi tudo o que foi preciso para mostrar o trabalho voluntário das costureiras que passaram o dia à volta das agulhas e das linhas em nome de uma causa solidária. Agora, é só enviar as roupinhas para outras meninas e outros meninos, a quem fazem muita falta.
 
Mas como as cidades à séria nunca dormem, ainda houve um tempinho para dar um salto ao Centro Cultural do Cartaxo e assistir a um último espetáculo musical – meninos e meninas cantaram e tocaram para uma sala cheiinha de público. Que belo modo de relaxar da agitação da cidade. E assim, com música na imaginação, regressaram os pequenos e jovens habitantes ao mundo dos adultos – felicidades e até para o ano!​





ATIVIDADES AO LONGO DO DIA
Equitação / Insufláveis / Pinturas Faciais / Moldagem de Balões / Ateliers de Expressão / Desporto / Segurança / Solidariedade / Saúde / Dança / Música / Teatro / Fantoches / Culinária / Ciência / Animação de Rua
 
MUITAS PROFISSÕES PARA EXPERIMENTAR
Bombeiro | Socorrista | Polícia | Veterinário | Farmacêutica | Guarda | Enfermeiro | Dentista | Terapeuta | Educadora | Atriz | Locutor de Rádio | Motorista | Artista Plástico | Relojoeiro | Ourives | Arquiteto | Pintora | Músico | Dançarina | Futebolista | Patinadora | Ciclista | Cavaleiro | Costureira | Cientista | Cozinheiro e muito mais...
 
PATROCÍNIOS/APOIOS
Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo / Agrupamento de Escolas D. Sancho I de Pontével / Caixa de Crédito Agrícola Mútuo do Cartaxo / Gráfica Pimenta / Tejo Rádio Jornal / Hipermercado Pingo Doce - Cartaxo / Hipermercado Intermarché Cartaxo / O Terreiro / Pão de Vila Nova / MultiOpticas Cartaxo (Brancóptica, Lda) / Sociedade de Padarias do Cartaxo / Lina Grifo / Revista DADA - Jornal de Cá / Sara Trading, Lda / Fundação Luso Sociedade Água de Luso , Sa / Nobre Alimentação, Sa / Vidreira JM Fernandes / José Freixo 
 
ENTIDADES PARTICIPANTES
Academia Mentes em Forma / ACAS – Associação Comunitária de Assistência Social de Vila Chã de Ourique / AEP - Associação dos Escoteiros de Portugal – Grupo 72 / AFUL – Associação Filarmónica União Lapense / Akademix - Escola de Música do Cartaxo / ALFII! WANNA PLAY / APAAC – Associação de Proteção aos Animais Abandonados do Cartaxo / Areal Editores / Associação Cultural e Recreativa do Rancho Folclórico do Cartaxo / Associação Cultural Rancho Folclórico de Vale da Pinta / Associação de Pais do Agrupamento de Escolas D. Sancho I de Pontével / Associação de Pais do Agrupamento de Escolas Marcelino Mesquita do Cartaxo / Associação Incluir / Atelier de Arquitetura Nuno Monteiro / Ateneu Artístico Cartaxense / Bombeiros Municipais do Cartaxo / Centro Paroquial Bem-Estar Social Pontével / Centro Social Paroquial da Ereira / Clínica GreatCare / Clube de Ciclismo José Maria Nicolau / Clube de Natação do Cartaxo / Colégio Pergaminho Mágico / CPCJ - Comissão de Proteção de Crianças e Jovens do Cartaxo / Corpo Nacional de Escutas - Agrupamento 1120 / Cruz Vermelha Portuguesa - Centro Humanitário Santarém/Cartaxo / De Bem com a Vida / Dojo Amicale Karaté - Cartaxo / ELI-Cartaxo/Azambuja - Equipa Local de Intervenção do SNIPISistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância / EMIC – Equipa Multidisciplinar de Intervenção Comunitária / Escola de Atletismo - Correr + Cartaxo / Escola de Línguas - Centro de Estudos Grau de Prova / Escola Secundária do Cartaxo – Curso Profissional de Hotelaria / Escola Superior Agrária de Santarém – Curso de Qualidade Alimentar e Nutrição Humana / Estrela Futebol Clube Ouriquense / Exclusivo Motor / ETPR – Escola Técnica e Profissional do Ribatejo / Farmácia Central do Cartaxo / IAC – Igreja na Cidade / Gertal / Grupo de Forcados Amadores do Cartaxo / Grupo Desportivo de Pontével / GNR – Guarda Nacional Republicana / Hóquei Clube de Santarém / Jardim de Infância do Cartaxo / João Aguadeiro / José Estrela / MultiOpticas Cartaxo (Brancóptica, Lda) / Ourivesaria Monteiro - OM2 / PSP – Polícia de Segurança Pública- / Proteção Civil - Câmara Municipal do Cartaxo / Projeto DORCAS / Rancho Folclórico “Os Campinos” de Vila Chã de Ourique / Rancho Folclórico Ceifeiras de Porto de Muge da Freguesia de Valada / Re-Max – Milénio Cartaxo / Ride Your Dreams / Sarah Trading, Lda / Academia SK / Sociedade Filarmónica Incrível Pontevelense / Sociedade Cultural e Recreativa de Vale da Pinta / Sociedade Filarmónica Cartaxense / Sofia Cruz / Sport Lisboa e Cartaxo / Tagus Natura / Tejo Rádio Jornal / Unidades de Saúde - Cartaxo e Pontével / Universidade Sénior do Cartaxo / Verso Move / VETDOM – Veterinários / Via Segura 
 ​
​​​​​​