VOCÊ ESTÁ AQUI: INÍCIO / informação / Notícias / Autarquia ao lado dos empresários para aumentar exportações

Autarquia ao lado dos empresários para aumentar exportações

O XX Aniversário da geminação do Cartaxo com a cidade romena de Pucioasa, vai ser oportunidade para relançar laços de cooperação económica e cultural com a Roménia.
Estratégia da Câmara Municipal passa pela dinamização das relações económicas com as cidades com que o Cartaxo está geminado: Penglai (China), Bento Gonçalves (Brasil), Slupsk (Polónia), Pucioasa (Roménia) e Brava (Cabo Verde).
Presidente da Câmara iniciou a preparação deste novo ciclo de incentivo às exportações com os empresários dos setores do vinho e da suinicultura.

 
 
Pedro Magalhães Ribeiro convidou suinicultores e vitivinicultores para uma reunião de trabalho que decorreu hoje, dia 11 de março, na sede do Município, e que visou iniciar trabalho conjunto para garantir que a visita da comitiva Romena ao Cartaxo, que vai decorrer em abril, durante a Festa do Vinho do Cartaxo e durante a qual se assinala o XX Aniversário da geminação do Cartaxo com a cidade romena de Pucioasa, “seja uma oportunidade para os empresários promoverem os seus negócios”, afirmou o presidente da Câmara Municipal do Cartaxo.

O autarca considera que é necessário colocar as relações entre as cidades, que o protocolo de geminação proporciona, “ao serviço dos empresários”. Para além das relações culturais “que certamente vamos continuar a aprofundar”, a criação de “laços de cooperação económica e empresarial, deve ser uma prioridade”.

O autarca convidou para esta reunião de trabalho, suinicultores e vitivinicultores.  “Este trabalho será continuado com os empresários dos sectores com vocação exportadora do nosso concelho”, assegurou.

Pedro Magalhães Ribeiro defende “o aumento da força exportadora das empresas do concelho como fator essencial para aumentarmos a produção das nossas empresas, aumentarmos o emprego e o salário daqueles que cá trabalham”. O autarca reforçou ainda que “tudo está a ser feito para atrair mais empresas para o concelho, para as nossas zonas empresariais, nomeadamente para o Casal Branco e para o Valleypark, sociedade privada em que o município é acionista com uma participação a rondar os 22%.”
 
 
 
 

​​​